I love you Jesus! Será?

29 10 2012

   Vi no Twitter uma frase onde dizia “I love you ♥ Jesus ♥ I Love you”, pensei na hora em retuitar (repetir a mesma frase), mas aí me fiz a seguinte pergunta: será que eu realmente amo Jesus?

love Jesus amo coração

   Sim, minha vida hoje é vivida baseada na bíblia, sim, eu oro todos os dias, sim, eu louvo ao Senhor, sim, eu vou aos cultos, célula, vigília, faço jejuns, sim, eu aceitei Jesus e reconheço que Cristo morreu na cruz pelos meus pecados. Tudo isso é muito bom espiritualmente, mas é pergunta é: se fosse necessário eu entregaria minha vida por Ele sem pestanejar, ou faria igual a Pedro e O negaria? Se Deus pedisse que eu sacrificasse um filho meu igual fez com Abraão eu confiaria em Seus planos ou fugiria igual Jonas fez? Seja sincero consigo, você realmente ama a Deus e faria essas coisas?

   É muito fácil dizer que amamos ao Senhor quando nossa vida está fluindo, vivemos em um país onde praticamente não sofremos nenhuma perseguição ao dizermos que somos cristãos (glória a Deus por isso). Passamos por dificuldades sim, mas na maioria das vezes sabemos que são tempestades passageiras em nossas vidas, por exemplo, um desemprego, mas não corremos risco de vida ao falarmos de Jesus. Agora, outros quinhentos é dizer: “Jesus, eu te amo e faria tudo o que você pedisse para mim.” E se acontecesse em nossas vidas igual aconteceu com Jó, se fossemos demitidos do nosso emprego, se nossa casa fosse inundada e tivéssemos perdido tudo, carro, móveis, eletrodomésticos, se nessa inundação nossos pais e irmãos tivessem morrido, se depois disso tudo nós ficássemos com anemia e nossas pernas fossem quebradas, terrível não? E aí, você diria diante dessa circunstância “Eu te amo Jesus”?

   Aprendi que amar é decisão, não simplesmente um sentimento, então se digo que amo ao Senhor é porque eu decido colocar Deus em primeiro lugar, decido fazer a vontade dEle, decido crucificar o meu ego e minhas vontades para buscar confiar nas vontades de Deus para minha vida, decido colocar as necessidades do próximo acima das minhas.

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”
Gálatas 2:20

   Pensando dessa forma, vejo que é impossível amarmos a Jesus da mesma forma que Ele nos amou, entregando sua vida por nós pecadores, mas com a Graça de Deus nós podemos sim amá-lo porque Ele nos amou primeiro – 1 Jo 4:19, nós podemos buscar seguir seu exemplo e orarmos para Deus nos ajudar e transformar-nos para termos um amor sincero, verdadeiro e incondicional igual ao amor do Pai.

   Acho que a frase correta para dizermos seria “Jesus, me ensina a te amar!





Seattle: árvores, frio e tranquilidade

20 10 2012

Fiz uma viagem de férias / intercâmbio pela STB de 15 dias para Seattle, Washington. Se me pedissem para resumir a viagem eu diria que é um lugar lindo, com muitas árvores e belas paisagens, diria que é muito frio, mas de dia quando o sol aparece o clima é bem agradável, diria que é uma cidade tranquila, bom para se descansar, e as pessoas lá são bem educadas.

por do sol seattle sunset

Algo que eu percebi que nós brasileiros deveríamos aprender com o povo americano é sermos mais educados, mais gentis com as outras pessoas e respeitarmos as regras, mesmo que não tenha ninguém nos obrigando a respeitá-las. Em Seattle você vai em um estabelecimento e geralmente é recebido com uma pergunta: “Olá, como está sendo seu dia?”, o motorista do ônibus diz aos passageiros “Bom dia”, ao sair da loja o segurança diz “Tenha um ótimo dia”, no Starbucks a atendente educadamente te pergunta o que você deseja, e se você não sabe o que pedir (o que aconteceu comigo) ela te dá sugestões para escolher algo para comer/beber. Será que eles foram treinados para isso? Eu creio que sim, mas dá para perceber que as pessoas realmente são educadas e respeitosas com o próximo.

No ponto de ônibus, antes que todos saiam ninguém entra, todos ficam em fila esperando até o último passageiro sair, as pessoas respeitam as filas, ninguém fica ouvindo música em alto volume para não incomodar os outros, os motoristas respeitam os pedestres e os ciclistas, eles não ficam buzinando, xingando e gritando igual a um chimpanzé no cio (acabei de inventar essa expressão). Esses são alguns exemplos de boas maneiras que nós brasileiros devemos urgentemente implantarmos em nossa educação. Se eu e você fizermos a nossa parte estaremos contribuindo para que a educação de nosso país melhore. A boa educação não é necessariamente estudar em uma boa faculdade, lógico que isso é importante, mas o principal é respeitarmos o próximo, termos bom senso e termos atitudes agradáveis no nosso dia a dia.

Continuando a falar sobre Seattle, tem vários lugares legais para se conhecer. Vou citar alguns caso esteja pensando em ir para lá:

sam museu de seattle

SAM – Seattle Art Museum

the baptism of Christ

O batismo de Jesus – Giovanni Battista Foggini

mercado público seattle

Public Market

universidade de washington

UW – University Washington

university district

UW – University Washington

república uw

República no University District

first starbucks

O primeiro Starbucks

space needle

Centro da cidade, a torre é a famosa Space Needle

ferris wheel

Roda Gigante

Igrejas

No University District há uma igreja metodista na esquina, tem culto lá aos domingos as 9 e 18:60 h. Eu fui no culto da noite, tinha poucas pessoas, umas 15 somente, mas mesmo assim foi bênção, cantamos alguns louvores, a pregadora falou sobre Jó e o sofrimento humano e depois tomamos a ceia. Ao encerrar o culto fomos convidados a apreciarmos uma refeição (lógico que eu aceitei), fomos para uma sala no prédio ao lado onde serviram uma deliciosa sopa com direito a pães, salada e suco.

United Methodist

Bem em frente a Kaplan (escola de inglês que estudei) tem uma Lutheran Caphel, eu fui lá descaradamente e perguntei se eles tinham algum culto lá, e o Joshua me recepcionou e disse que eles tinham uma reunião todas as terças as 20 h. Na terça depois da aula eu fui lá na “célula” deles, é muito parecido com as nossas reuniões: cantamos alguns louvores, uma moça cantava, tocava bateria e violão ao mesmo tempo (pois é, cada um com seus dons né), o pastor Ton compartilhou uma Palavra com a galera, tomamos a ceia e para encerar oramos.

lutheran chapel

Essa galera tinha combinado de irem para praia no final de semana e me convidaram, adivinha a resposta: claro que eu disse que iria! Lógico que eu não estava preparado para ir para praia, até porque eu nem sabia que em Seattle tinha praias, mas como é muito frio lá geralmente as pessoas vão só para passear mesmo, não entram no mar. Eu encontrei o pessoal na sexta a noite e fomos para lá, deu umas duas horas de viagem de carro. A praia é bem parecida com a daqui, mas muuuuiiiito mais fria, o ar é muito gelado, então para entrar na água só com roupas que protegem o corpo do frio mesmo. Foi bem legal esse passeio, muita comida boa, galera animada e a presença de Deus que faz toda a diferença.

westlake

O Josh nos deu um “teste” para respondermos e tentarmos entender um pouco quais são os dons que Deus nos deu para que possamos usá-los não somente para o benefício próprio, mas sim usarmos nossos dons para sermos luz e ajudarmos outras pessoas, usarmos nossos dons para a edificação do Reino. Os meus três dons, de acordo com o teste são: fé, conhecimento e escrita. Nesse final de semana fomos desafiados a buscarmos entender quem somos nós em Deus, se Ele nos deu alguns dons, como devemos utilizá-los?

fogueira para assar marshmallow

Para encerrar, a viagem foi bênção, em Seattle as pessoas te tratam bem mesmo você não sendo um nativo, a cidade é tranquila, praticamente sem violência e estresse, tem uma galera de cristãos que buscam ajudar o próximo lá, e dizem que Seattle é a cidade da chuva, mas Deus foi tão bom comigo que nessas duas semanas que fique lá o tempo estava bom e não choveu nenhum dia 🙂

“Por isso recomendo que se desfrute a vida, porque debaixo do sol não há nada melhor para o homem do que comer, beber e alegrar-se. Sejam esses os seus companheiros no seu duro trabalho durante todos os dias da vida que Deus lhe der debaixo do sol!”
Eclesiastes 8:15





Kd minha bênção?

4 09 2012

  Uma pergunta simples: qual a principal dificuldade dos solteiros? Promiscuidade, drogas, mentira, superficialidade, falta de comprometimento, o bom emprego que não consegue, …? Bem, acredito que a maior dificuldade dos solteiros (me incluo nessa categoria) é o relacionamento. Não sei ao certo a porcentagem, mas infelizmente já vi muitos solteiros e solteiras “abandonarem” sua fé por não conseguirem o que queriam, ou seja, um(a) companheiro(a), ou se excluíram da comunhão da igreja porque acabaram se relacionando com alguém que encontraram fora do Corpo.

couple

  Eu creio que existem três pontos chaves que temos que ter gravados em nossos corações para não cairmos nas ciladas do inimigo em relação aos relacionamentos:

  1- Deus tem o MELHOR para nós: se Deus prometeu e Ele não é homem para mentir, então que creiamos nisso, que nossa fé esteja baseada nessa promessa. Deus é nosso pai, Ele é um pai que quer nos abençoar, que cuida de nós. Nós somos filhos escolhidos do Rei, você acha que Ele iria nos abençoar com qualquer coisa? Se você está buscando “qualquer coisa” é fácil, se relacione com a primeira pessoa que demorar um tempo a mais olhando para você, agora, será que essa é a pessoa escolhida pelo Senhor, será que essa é sua bênção? Se você está buscando um simples relacionamento você não precisa de Deus, agora se você está buscando a verdadeira bênção, aí sim você deve crer que Ele tem a pessoa certa. Como disse meu amigo Davi “os seus olhos vão brilhar”, essa é a verdadeira bênção do Senhor.

“E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?”
Lucas 11:11

  2- Tudo no TEMPO dEle: esse é o grande desafio, esperar. Estamos literalmente vivendo o título do filme: “A espera de um milagre”. Chega até ser engraçado, mas é verdade, pois queremos um milagre do Senhor não? E porque não esperamos então por esse milagre? É triste ver pessoas se afastando da igreja porque não tiveram paciência de aguardar o melhor para a vida delas. Às vezes achamos que estamos preparados, mas podemos estar errados. A bênção de esperar é que enquanto esperamos estamos sendo moldados para sermos melhores companheiros(as), enquanto aguardamos estamos amadurecendo e aprendendo com as dificuldades, enquanto estamos esperando no Senhor Ele está transformando nossa alma. Sei que pode ser (e na grande maioria das vezes é) difícil e doloroso esperar, mas com certeza olharemos lá na frente e veremos que valeu muito a pena essa espera. Não é incrível pensar que quando Deus nos criou Ele já sabia o nome da pessoa que passará o resto de sua vida conosco?

“Para tudo há uma ocasião, e um tempo para cada propósito debaixo do céu:
tempo de nascer e tempo de morrer,
tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou,

tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir,
tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar,
tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las,
tempo de abraçar e tempo de se conter,

tempo de procurar e tempo de desistir,
tempo de guardar e tempo de lançar fora,

tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar,
tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz.”
Eclesiastes 3:1-8

  3- Carregue sua CRUZ: o último item que penso que é crucial é a cruz (gostou do trocadilho? rss). O problema aqui é que não estamos dispostos a carregar a nossa cruz, não estamos dispostos a dizer não para o mundo, dizer não para a carne. E porque deveríamos carregar nossa cruz? Creio que porque só assim conseguiremos ser gratos quando nossa bênção chegar, pois se Deus simplesmente tirasse da cartola nossa bênção igual a um mágico e nos entregasse no dia seguinte o que pedimos, não teríamos passado por nenhum processo, aí depois de um tempo provavelmente estaríamos ingratos e culparíamos o “mágico” por ter nos entregado a pessoa errada. Se o seu coração está focado somente em seus interesses, provavelmente você ficará frustrado(a) e se afastará da comunhão com o Senhor, mas se o seu coração está focado no Reino você conseguirá carregar sua cruz confiando nEle.

“Jesus dizia a todos: Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome diariamente a sua cruz e siga-me.”
Lucas 9:23

  Eu particularmente me espelho muito em casais cristãos, vejo que eles têm algo que muitos relacionamentos não possuem, uma paz, um amor, comprometimento, disposição para mudar que só através de Jesus podemos conseguir. Devemos nos inspirar nesses casais, pois se olharmos para o mundo, poderemos até achar alguém interessante, mas o interessante e o “até que a morte os separe” são coisas bem diferentes!

  Espero que você que é solteiro (eu também) possa descansar no Senhor e aguardar sua bênção, pois ele(a) virá preparado(a) e moldado(a) pelo Senhor especificamente para você 🙂





Meu último dia (My last day anime)

24 08 2012

   “Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse, nada em sua aparência para que o desejássemos.

   Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima.

   Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido.

   Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.

   Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de todos nós.

   Ele foi oprimido e afligido, contudo não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca.

   Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado.

   Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios, e com os ricos em sua morte, embora não tivesse cometido qualquer violência nem houvesse qualquer mentira em sua boca.

   Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão.

   Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniquidade deles.

   Por isso eu lhe darei uma porção entre os grandes, e ele dividirá os despojos com os fortes, porquanto ele derramou sua vida até à morte, e foi contado entre os transgressores. Pois ele carregou o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores.”

Isaías 53





Tatue a Palavra em seu coração

2 08 2012

   Há uma escritura que diz que devemos meditar na palavra dia e noite (Js 1:8), e uma promessa que se colocarmos o Reino de Deus em primeiro lugar todas as coisas, ou seja, todas nossas necessidades nos serão supridas (Mt 6:33). Lindo isso não? É só praticarmos o que está escrito na bíblia e colocar Deus como primazia e teremos uma vida tranquila, próspera e cheia de alegrias. O problema é que na teoria funciona muito bem, mas na prática em nossas vidas…

bible heart palavra biblia coracao

   O que eu fiquei refletindo é algo muito simples: se tatuarmos a Palavra de Deus em nossos corações, se realmente acreditarmos em todas as promessas que estão escritas na bíblia, promessas de paz, de prosperidade, de curas, de vitórias, de felicidade, de superação, etc., nossa vida seria diferente, muito diferente! Se conseguirmos ter essa confiança, essa fé, iríamos descansar no Senhor, não iríamos nos preocupar com o amanhã, não andaríamos ansiosos por coisa alguma, não ficaríamos desanimados, não teríamos nenhuma dúvida sobre os planos de Deus para nossas vidas.

   A pergunta que faço então é: como conseguimos tatuar as promessas de Deus em nossos corações a ponto de termos uma realidade inabalável? Bem, a resposta eu não tenho, mas busco a cada dia um pouco mais de entendimento, realidade e revelação do Senhor.

“Gravem estas minhas palavras no coração e na mente”
Deuteronômio 11:18

   Creio que essa confiança nas promessas sem ter dúvidas, essa fé inabalável são impossíveis de obtermos aqui em vida, pois somos falhos e habitamos em uma carne que é fraca. Mas existem algumas atitudes que podemos ter para cada dia mais buscarmos ter essa realidade, uma delas é nos alimentarmos da Palavra diariamente, não apenas lendo, mas sim praticando e repetindo as promessas descritas na bíblia até que essa repetição se torne uma realidade. Mesmo que estejamos fracos, mesmo não enxergando/crendo que algo está acontecendo no mundo espiritual, temos que nos apegar a Palavra e ter fé que sim, as promessas se cumprirão!

   O meu desejo é um dia poder ter tatuado todas as escrituras em meu coração para eu simplesmente descansar no Senhor, para eu ter confiança Nele e fé de que Ele está no controle de todas as situações e nada mais irá me tirar do foco que é Jesus, mas sei que isso é um processo, que como uma tatuagem de verdade, onde o tatuador primeiro faz o contorno, depois tatua uma cor, depois outra cor até finalmente terminar o seu trabalho, em nossa vida espiritual também é assim, a cada dia podemos tatuar um versículo em nossa vida, em cada dificuldade vencida podemos preencher um pouco mais o nosso coração com as promessas do Senhor para nossas vidas.

   E hoje, qual versículo você tatuou em seu coração?





Os jovens e seus prazeres

17 07 2012

   Vocês jovens (eu “meio” que me incluo nessa faixa etária rss) tem basicamente duas opções para escolherem de como irão direcionar suas vidas e de que forma buscarão de divertir: ou vocês escolhem o mundo ou a santidade. Vocês podem viver de acordo com o mundo, usando drogas, sexo à vontade (afinal muitos dizem que é bom praticar para se ter experiência né), enchendo a cara de álcool, fumando e aloprando tudo e todos. A outra forma de diversão é aquela que é saudável, contagia a todos ao redor, traz alegria, paz no espírito e principalmente não nos trará graves consequências no futuro.

   Agora nas férias de julho a Videira Guarulhos fez uma programação especial para os jovens, e teve o Show de Talentos, eu fui lá de enxerido e fiquei muito feliz com o que eu vi: muitos jovens se divertindo de uma maneira santa e competindo entre eles de uma maneira muito diferente do que vemos por aí. Fiquei muito feliz em saber que ainda hoje existem esses jovens dispostos a pagar o preço, a não se moldarem aos padrões desse mundo, a andar na contramão e serem felizes com Jesus 🙂

“Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento.
Afaste do coração a ansiedade e acabe com o sofrimento do seu corpo,
pois a juventude e o vigor são passageiros.”

Eclesiastes 11:9-10

   Esses dois clipes abaixo mostram um pouco dessas duas realidades, ou você se entrega aos prazeres da carne e busca uma diversão sem pensar nas consequências ou busca algo que no futuro te trará uma vida muito mais tranquila e prazerosa, sem deixar marcas em sua alma.

   Agora a escolha é sua, make your choice!





Deus não é o Cebolinha

11 07 2012

   Eu estava pensando, como é difícil confiarmos nos planos do Senhor para as nossas vidas não? Parece que Ele está fazendo as coisas erradas, ou até mesmo que não está fazendo nada. Como pode um Deus Todo-Poderoso-Majestoso-Glorioso traçar para nossas vidas planos tão difíceis, não era para ser tudo mais fácil? A resposta (in)felizmente é NÃO, não deveria ser tudo mais fácil, nossa vida não deveria ser traçada de acordo com o que achamos que seria o melhor para nós!

   Acho que todos que tem acima de 20 anos já leu os gibis da Turma da Mônica. Nessas histórias em quadrinhos tem um personagem, o Cebolinha, que vivia traçando planos para pegar o coelho da Mônica, o Sansão. O Cebolinha sempre chamava seu melhor amigo, o Cascão para ajudá-lo a colocar o seu plano em prática, e inevitavelmente o plano fracassava, e os dois sempre apanhavam da Mônica. Se fizermos um paralelo com nossa vida espiritual, colocamos Deus como o Cebolinha, alguém que parece que tem vários planos para nossas vidas, mas esses planos nunca se concretizam ou são falhos. Então, o que está acontecendo de errado?

cebolinha cascao turma da monica

   Eu reli um post que escrevi ano passado, falando sobre como é difícil confiarmos em Deus. Percebo que na verdade é difícil confiarmos em tudo e qualquer coisa, é difícil confiarmos até mesmo em nós mesmos. Mas relendo o texto vejo que precisamos fazer duas coisas primordiais: praticar a nossa fé e enaltecer a Deus. Primeiramente precisamos praticar a nossa fé, isso mesmo, não adianta a fé ficar só na teoria, não conseguiremos confiar nossas vidas ao Senhor se não crermos 100% nos planos que Ele tem para nós, e precisamos também parar de enaltecer o problema e visualizarmos a grandeza de nosso Deus, pois qualquer dificuldade é pequena para o Deus do Impossível, o El Shaddai.

   Creio que no final, ou seja, no último dia de nossas vidas TUDO de uma forma ou de outra vai dar certo, pois os planos de Deus são perfeitos, e Ele não é homem para mentir. O problema é que nossa visão é limitada, vemos o agora, o momento que estamos passando em meio às dificuldades e acabamos desacreditando nos planos do Senhor. Se tivéssemos a oportunidade de assistir o nosso último dia de vida, acredito que veríamos que todo esforço valeu a pena, e que todas as peças desse quebra-cabeça maluco que é nossa vida irão se encaixar perfeitamente. Mas se Deus fizesse isso, se Ele deixasse que nós víssemos lá na frente o que vai acontecer iríamos nos acomodar, se tivéssemos essa certeza de que tudo ficará bem nós deixaríamos de nos esforçar para fazer as coisas acontecerem e não buscaríamos confiar em Deus mesmo parecendo que os planos dEle para nossas vidas não estão acontecendo.

   Nosso entendimento, compreensão, nossa fé, tudo em nós é limitado, por isso queremos questionar os planos de alguém que simplesmente criou o mundo e que conhece nosso passado, presente e futuro, só pensando nisso seria o suficiente para sabermos que Ele é um planejador, um estrategista infinitamente melhor que nós. Temos que confiar nos planos de Deus para nossas vidas, pois eles são perfeitos, Ele não brinca com nossas vidas, Ele não faz um rascunho e depois joga fora, Ele tem o MELHOR para nós, Ele não se engana, Ele não nos abandona, Ele não erra, os planos dEle não falham pois Ele não é o Cebolinha.

“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano,
planos de dar-lhes esperança e um futuro.”

Jeremias 29:11

   Quero crer em Ti Deus, mesmo não enxergando quero ver os Seus planos sendo realizados em minha vida!