Seattle: árvores, frio e tranquilidade

20 10 2012

Fiz uma viagem de férias / intercâmbio pela STB de 15 dias para Seattle, Washington. Se me pedissem para resumir a viagem eu diria que é um lugar lindo, com muitas árvores e belas paisagens, diria que é muito frio, mas de dia quando o sol aparece o clima é bem agradável, diria que é uma cidade tranquila, bom para se descansar, e as pessoas lá são bem educadas.

por do sol seattle sunset

Algo que eu percebi que nós brasileiros deveríamos aprender com o povo americano é sermos mais educados, mais gentis com as outras pessoas e respeitarmos as regras, mesmo que não tenha ninguém nos obrigando a respeitá-las. Em Seattle você vai em um estabelecimento e geralmente é recebido com uma pergunta: “Olá, como está sendo seu dia?”, o motorista do ônibus diz aos passageiros “Bom dia”, ao sair da loja o segurança diz “Tenha um ótimo dia”, no Starbucks a atendente educadamente te pergunta o que você deseja, e se você não sabe o que pedir (o que aconteceu comigo) ela te dá sugestões para escolher algo para comer/beber. Será que eles foram treinados para isso? Eu creio que sim, mas dá para perceber que as pessoas realmente são educadas e respeitosas com o próximo.

No ponto de ônibus, antes que todos saiam ninguém entra, todos ficam em fila esperando até o último passageiro sair, as pessoas respeitam as filas, ninguém fica ouvindo música em alto volume para não incomodar os outros, os motoristas respeitam os pedestres e os ciclistas, eles não ficam buzinando, xingando e gritando igual a um chimpanzé no cio (acabei de inventar essa expressão). Esses são alguns exemplos de boas maneiras que nós brasileiros devemos urgentemente implantarmos em nossa educação. Se eu e você fizermos a nossa parte estaremos contribuindo para que a educação de nosso país melhore. A boa educação não é necessariamente estudar em uma boa faculdade, lógico que isso é importante, mas o principal é respeitarmos o próximo, termos bom senso e termos atitudes agradáveis no nosso dia a dia.

Continuando a falar sobre Seattle, tem vários lugares legais para se conhecer. Vou citar alguns caso esteja pensando em ir para lá:

sam museu de seattle

SAM – Seattle Art Museum

the baptism of Christ

O batismo de Jesus – Giovanni Battista Foggini

mercado público seattle

Public Market

universidade de washington

UW – University Washington

university district

UW – University Washington

república uw

República no University District

first starbucks

O primeiro Starbucks

space needle

Centro da cidade, a torre é a famosa Space Needle

ferris wheel

Roda Gigante

Igrejas

No University District há uma igreja metodista na esquina, tem culto lá aos domingos as 9 e 18:60 h. Eu fui no culto da noite, tinha poucas pessoas, umas 15 somente, mas mesmo assim foi bênção, cantamos alguns louvores, a pregadora falou sobre Jó e o sofrimento humano e depois tomamos a ceia. Ao encerrar o culto fomos convidados a apreciarmos uma refeição (lógico que eu aceitei), fomos para uma sala no prédio ao lado onde serviram uma deliciosa sopa com direito a pães, salada e suco.

United Methodist

Bem em frente a Kaplan (escola de inglês que estudei) tem uma Lutheran Caphel, eu fui lá descaradamente e perguntei se eles tinham algum culto lá, e o Joshua me recepcionou e disse que eles tinham uma reunião todas as terças as 20 h. Na terça depois da aula eu fui lá na “célula” deles, é muito parecido com as nossas reuniões: cantamos alguns louvores, uma moça cantava, tocava bateria e violão ao mesmo tempo (pois é, cada um com seus dons né), o pastor Ton compartilhou uma Palavra com a galera, tomamos a ceia e para encerar oramos.

lutheran chapel

Essa galera tinha combinado de irem para praia no final de semana e me convidaram, adivinha a resposta: claro que eu disse que iria! Lógico que eu não estava preparado para ir para praia, até porque eu nem sabia que em Seattle tinha praias, mas como é muito frio lá geralmente as pessoas vão só para passear mesmo, não entram no mar. Eu encontrei o pessoal na sexta a noite e fomos para lá, deu umas duas horas de viagem de carro. A praia é bem parecida com a daqui, mas muuuuiiiito mais fria, o ar é muito gelado, então para entrar na água só com roupas que protegem o corpo do frio mesmo. Foi bem legal esse passeio, muita comida boa, galera animada e a presença de Deus que faz toda a diferença.

westlake

O Josh nos deu um “teste” para respondermos e tentarmos entender um pouco quais são os dons que Deus nos deu para que possamos usá-los não somente para o benefício próprio, mas sim usarmos nossos dons para sermos luz e ajudarmos outras pessoas, usarmos nossos dons para a edificação do Reino. Os meus três dons, de acordo com o teste são: fé, conhecimento e escrita. Nesse final de semana fomos desafiados a buscarmos entender quem somos nós em Deus, se Ele nos deu alguns dons, como devemos utilizá-los?

fogueira para assar marshmallow

Para encerrar, a viagem foi bênção, em Seattle as pessoas te tratam bem mesmo você não sendo um nativo, a cidade é tranquila, praticamente sem violência e estresse, tem uma galera de cristãos que buscam ajudar o próximo lá, e dizem que Seattle é a cidade da chuva, mas Deus foi tão bom comigo que nessas duas semanas que fique lá o tempo estava bom e não choveu nenhum dia 🙂

“Por isso recomendo que se desfrute a vida, porque debaixo do sol não há nada melhor para o homem do que comer, beber e alegrar-se. Sejam esses os seus companheiros no seu duro trabalho durante todos os dias da vida que Deus lhe der debaixo do sol!”
Eclesiastes 8:15





Os jovens e seus prazeres

17 07 2012

   Vocês jovens (eu “meio” que me incluo nessa faixa etária rss) tem basicamente duas opções para escolherem de como irão direcionar suas vidas e de que forma buscarão de divertir: ou vocês escolhem o mundo ou a santidade. Vocês podem viver de acordo com o mundo, usando drogas, sexo à vontade (afinal muitos dizem que é bom praticar para se ter experiência né), enchendo a cara de álcool, fumando e aloprando tudo e todos. A outra forma de diversão é aquela que é saudável, contagia a todos ao redor, traz alegria, paz no espírito e principalmente não nos trará graves consequências no futuro.

   Agora nas férias de julho a Videira Guarulhos fez uma programação especial para os jovens, e teve o Show de Talentos, eu fui lá de enxerido e fiquei muito feliz com o que eu vi: muitos jovens se divertindo de uma maneira santa e competindo entre eles de uma maneira muito diferente do que vemos por aí. Fiquei muito feliz em saber que ainda hoje existem esses jovens dispostos a pagar o preço, a não se moldarem aos padrões desse mundo, a andar na contramão e serem felizes com Jesus 🙂

“Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento.
Afaste do coração a ansiedade e acabe com o sofrimento do seu corpo,
pois a juventude e o vigor são passageiros.”

Eclesiastes 11:9-10

   Esses dois clipes abaixo mostram um pouco dessas duas realidades, ou você se entrega aos prazeres da carne e busca uma diversão sem pensar nas consequências ou busca algo que no futuro te trará uma vida muito mais tranquila e prazerosa, sem deixar marcas em sua alma.

   Agora a escolha é sua, make your choice!





Testemunhe seu problema

27 02 2012

Nós estamos acostumados a somente falar das coisas boas que acontecem em nossas vidas, testemunhamos os milagres que Deus fez e as bênçãos que Ele nos provê, mas nos esquecemos de ser realistas. Somos iguais ao Facebook, onde todos são felizes, todos estão sorrindo, se divertindo e aproveitando a vida, mas sabemos que essa não é a realidade da vida das pessoas, pois todos temos problemas e passamos por aflições.

sofrimento choro lágrimas

Muitas igrejas caem nesse mesmo erro, só pregam a vitória, os milagres, as bênçãos, a prosperidade e as curas, mas se esquecem que Deus NUNCA nos prometeu uma vida sem dificuldades e aflições. Muitas igrejas “vendem” uma imagem errada sobre o que é ser cristão! Os seguidores de Jesus não tiveram vidas cheias de alegrias, muito pelo contrário, foram perseguidos, presos, decapitados e até mesmo crucificados igual a Jesus.

“Sofre pois comigo as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.”

2 Timóteo 2:3

Um grande exemplo é Jó, um homem que obedecia a Deus, mas suportou muitas aflições. Imaginei Jó como um pastor pregando em uma igreja atualmente, será que ele falaria somente de coisas boas, que Deus é bom e Ele suprirá todas suas necessidades e fará milagres em sua vida, ou Jó pregaria que nessa vida iremos passas por muitas aflições, mas Deus está conosco e que nada pode nos separar do Seu amor?

Quando eu saí de um relacionamento de anos e fiquei mal, algo que me motivou a buscar a Deus não foi um testemunho de vitória, mas um testemunho de traição! Um amigo me contou que um irmão na fé foi traído por sua esposa depois de 3 anos de casamento, e o negócio foi tão sério que a polícia teve que ir na casa desse homem tirar sua mulher da casa porque ela estava com o amante. O que me motivou obviamente não foi saber que mesmo você sendo cristão você pode ser traído, o que me motivou foi saber que mesmo depois da traição esse homem buscou a Deus em sua aflição.

Semana passada fui pegar meu carro e vi que tinham quebrado o retrovisor esquerdo, só que quando eu estacionei o carro eu tinha dobrado o retrovisor justamente para não acontecer isso, e o estranho é que o retrovisor continuava dobrado, só que quebrado. Fiquei pensando o porquê alguém fez isso, acho que até foi de propósito, aí o inimigo entra em nossa mente e quer nos fazer profanar a Deus, mas aí eu me lembrei do testemunho do Fernandinho em seu show, que ele estava voltando para sua casa e viu que ela estava inundada e ele perdeu muita coisa, aí eu pensei: “é só um retrovisor, poderia ter sido bem pior”.

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.”

João 16:33

O testemunho das nossas dificuldades, problemas e aflições edificam sim as pessoas! Precisamos ser realistas e sinceros, pois se testemunharmos somente nossas bênçãos não conseguiremos ser luz para os aflitos. Lógico que não devemos sair por aí falando dos problemas, seja sábio e peça que o Senhor te use como uma ferramenta para dar testemunhos e edificar as pessoas.





Aprenda a refletir!

16 02 2012

Nossa vida é muito corrida, não é? Nossa rotina não nos favorece a refletir e aproveitar os pequenos prazeres da vida, não temos tempo para pensarmos e meditarmos antes de tomarmos decisões. Como exemplo, vou citar como geralmente é minha rotina na semana:

Acordo às 6 da manhã, tomo café, leio a bíblia (quando acordo atrasado tento ler pelo meu celular, isso quando a internet pega né), oro, saio para ir trabalhar, pego meu carro e dirijo até a Penha, pego o metrô até a Sé (não quero ficar reclamando, mas em horário de pico é punk viu,  só 4 milhões de pessoas por dia!) e depois pego um ônibus até Moema. Trabalho até as 18 h., vou para a academia que fica perto do trampo, volto para casa (ônibus + metrô + carro), janto, tomo banho, vou dormir uma meia noite para acordar no dia seguinte as 6 h. Essa é minha correria do dia a dia.

Sei que tem gente que vive uma rotina mais corrida que a minha, mas de qualquer forma acho que todos nós sentimos falta de tempo, chega no fim do dia e não tivemos tempo para fazermos tudo o que queríamos. O problema da correria é que nada disso nos ajuda a termos um tempo de tranqüilidade, um tempo para buscarmos uma paz no espírito, um tempo para refletirmos e tentarmos ouvir a voz de Deus.

pensamento refletindo

Eu particularmente sou uma pessoa pensativa, gosto de refletir. Esse blog é escrito das minhas reflexões, dos meus pensamentos. Eu gosto de assistir a um filme e depois ficar parado, tentando absorver o que vi, leio um parágrafo ou uma página do livro e penso no que o autor quis dizer, gosto de ter um tempo a sós, eu e Deus, para refletir sobre minha vida. Mas infelizmente muitas vezes não arrumo um tempo para refletir no que tenho vivido, no que tenho aprendido.

Nesse momento estou lendo um livro que para mim tem sido incrível, “O Deus (in)visível” de Philip Yancey, e ele destaca a importância de termos um tempo no silêncio, pois o Senhor trabalha no vazio, no inaudível. Ele cita no livro: “O que esperamos de uma meditação? Esperamos nos levantar de nossa meditação em um estado diferente daquele no qual nos sentamos.”

“Tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” Filipenses 4:8

Meu conselho é que você busque refletir no dia a dia, leia e depois pare para refletir na mensagem, assista a um bom filme ou ouça uma música e tente entender sua mensagem. Separe um tempo para refletir sobre sua vida, sobre Deus, sobre a vida de Jesus, vá a um bosque, a praia e reflita sobre a natureza, a grandiosidade de Deus, reflita sobre a vida e busque ouvir algo, gaste um tempo do seu dia com o “nada”. Quando você fizer isso não pense que você desperdiçou o seu precioso tempo, pois mesmo que aparentemente não tenha acontecido nada com certeza depois desse tempo a sós você sentirá mais paz no espírito.





Sou Homem com H maiúsculo

11 01 2012

Recentemente fui comer “taco” em uma lanchonete no shopping Santa Cruz (muito bom, eu recomendo!) só que lá tem apenas umas mesinhas para se sentar, eu procurei alguma vazia mas não tinha nenhuma, então pedi licença para comer ao lado de um homem, aparentemente um pai de família simples de uns 40 anos.  Começamos a conversar, aquela conversa básica quando você não conhece a pessoa: geralmente se fala sobre o tempo que muda a toda hora, ou a pessoa reclama dizendo que o Brasil é corrupto, homens gostam também de falar sobre futebol e política. Pois bem, falamos rapidamente sobre as atitudes das pessoas, que muitas julgam pela aparência, e ele disse que várias pessoas preferem comer em pé ao se sentarem ao lado de um estranho. Eu concordei com ele, e obviamente disse que não devemos julgar o próximo pela sua aparência. Mas esse não é o assunto principal que quero abordar, quero falar como ser um Homem sem ser “homem” aos olhos de outros homens.

Continuando a história, passou uma mulher ao nosso lado, ele me apontou e perguntou: “Que maravilha hein, você gosta disso?”. Aí que está o ponto da discussão, porque os homens têm que mostrar para outros homens que são “machos”? Será que ele acha que dessa forma é mais fácil manter um diálogo? Ou será que devemos fazer isso para mostrarmos que somos realmente “homens”, igual a um cachorro quando mija para marcar o território?

rambo masculinidade

Qual será o verdadeiro sentido em ser homem? Muitos pensam que precisam mostrar sua masculinidade para serem “homens” e serem aceitos pela sociedade ou um determinado grupo. Uns acham que bater em outro homem é um modo de mostrar sua masculinidade, outros acham que precisam ter muitas relações sexuais para se sentirem homens, outros batem até mesmo em suas esposas para não deixarem sua masculinidade de lado.

Recorri ao dicionário para ver o significado da palavra homem:

“Pessoa do sexo masculino que demonstra força, coragem ou vigor.”

Em Josué 1:9 o Senhor ordena a Josué: “seja forte e corajoso!”, em outras palavras, seja Homem! Essa instrução foi para que Josué não se desanimasse, pois ele seria o encarregado de levar o povo à Terra Prometida e obedecesse a Deus pois o Senhor estava no controle da situação. Para sermos Homens precisamos confiar em Deus, sermos guerreiros de Seu exército, isso é ser Macho.

Não sei se foi sempre assim, mas hoje em dia os verdadeiros Homens são a minoria. Vemos pessoas do sexo masculino que são mais mulheres que nossas mães ou vemos ogros que se acham machos porque fazem musculação, tomam bomba e são violentos.

Davi é um exemplo de Homem, ele fisicamente não era mais forte que Golias, mas era forte espiritualmente, pois tinha muita fé; ele era vigoroso, trabalhava cuidando de ovelhas e, sem dúvida alguma era muito corajoso, pois sabia que poderia vencer um gigante dependendo de Deus.

davi golias homem gigante

Ser Homem é ser livre, é resistir às tentações, suportar as adversidades, é lutar contra o pecado, atacar o Mal, é pisar na cabeça do diabo! Não preciso fazer o que os “homens” ou a sociedade acha que devo fazer para eu ser classificado como homem, o que preciso para ser Homem é respeitar e amar o próximo, é ser fiel e justo, é ser verdadeiro e sincero. Ser Homem é ser Jesus Cristo hoje!

Não preciso fazer parte da imoralidade sexual que há no mundo hoje para mostrar minha masculinidade, não preciso bater em ninguém ou humilhar o próximo para mostrar que sou homem. O mundo nos oferece tantas coisas efêmeras, tantas besteiras, tantos prazeres momentâneos para mostrar que somos machos, mas para sermos verdadeiros Homens devemos nos espelhar no mais forte e corajoso homem que já passou e que passará nessa terra: Jesus Cristo, esse sim era MACHO!





Feliz 2012 :)

29 12 2011

Adeus ano velho, feliz ano novo… Assim vai se acabando mais um ano e 2012 bate à porta. Chegou a hora de fazermos uma reflexão do ano de 2011, de pensarmos no que aconteceu de bom e sermos gratos a Deus, de lembrarmos das dificuldades que passamos mas superamos e estamos mais fortes e maduros, chegou a hora de lembrarmos o que fizemos de bom, para quantas pessoas fizemos o bem, para quantas vidas conseguimos demonstrar o amor sincero e verdadeiro de Deus.

reveillon copacabana fogos artificio

Já faz uns anos que eu faço uma lista de desejos, sonhos, objetivos, metas, alvos para o ano seguinte, enfim, o nome não importa. Eu oro sobre essa lista para que o ano que está por vir seja abençoado, e que se for da vontade do Senhor ele realize o que está escrito naquelas linhas.

Lendo as minhas listas dos anos passados vejo que Deus SEMPRE esteve comigo, mesmo nos anos em que eu não dediquei nada da minha vida para Ele. É incrível ver como Deus tem o melhor para nossas vidas, e Ele como um bom pai nos abençoa, e nos corrige também.

“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês, diz o Senhor, planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro.” Jeremias 29:11

Meu conselho é que se você não faz isso comece a fazer a partir de hoje, pois é muito importante buscar um direcionamento de Deus para sua vida, e você verá no final do ano quando pegar novamente a lista tudo o que Deus fez por você, e o que não aconteceu que estava na lista é porque não está no tempo certo, pois tudo tem seu tempo, ou simplesmente não era para acontecer mesmo.

Que nesse próximo ano possamos amar mais as pessoas, nos importando com as necessidades do próximo e estendendo nossas mãos, que sejamos mais justos, verdadeiros e sinceros, mais pacíficos e sábios. Que busquemos ser mais semelhantes ao nosso alvo: Jesus Cristo.

Desejo a todos um excelentíssimo 2012, cheio das bênçãos do Senhor: paz, amor, felicidade, prosperidade, saúde, ótimas amizades, famílias unidas, curas físicas, curas espirituais, liberação do perdão e o mais importante, que possamos sonhar os sonhos do Senhor e buscarmos fazer o que Ele tem de propósito para nossas vidas!





Não julgue um livro pela sua capa

7 11 2011

Todos cristãos tem algo em comum que é indiscutível: nós acreditamos na Bíblia, em Deus e que Jesus Cristo foi crucificado em nosso lugar. Até aí tranquilo, o problema é quando surgem fatos atuais que não estão na Palavra, aí cada um interpreta de seu jeito.

Eu, assim como meu irmão e várias outras pessoas da Videira Guarulhos, viemos de uma outra igreja, a ICOC. Isso foi bom para “ampliar nossos horizontes”, pois viemos de uma visão mais restrita, porém muito abençoada. Hoje em dia existem dezenas, centenas ou até mesmo, porque não, milhares de denominações cristãs, cada qual com seu “público”, ou seja, umas se identificam mais com os jovens, outras são mais tradicionais, outras operam melhor em bairros, outras trabalham com multidões, outras são focadas nos milagres.

A questão é que vejo muitos cristãos dizendo que isso ou aquilo pode, e isso e aquilo outro não pode, baseados em suas informações. Há muitas discussões sobre tatuagem, piercing, se pode orar com boné, desenhos orientais (mangás) que têm más influências, músicas inadequadas, se é certo ou não praticar e/ou torcer por praticantes de artes marciais (MMA), etc. Eu acredito que discussões são válidas, se for para edificar e não ofender o próximo, o problema é que muitos acabam achando que somente eles estão certos, e julgam o próximo como errado, rotulam como rebelde, como uma pessoa que não se sujeita a autoridade, e até como uma pessoa fraca espiritualmente.

Eu pessoalmente acho que todos têm o direito e liberdade de terem suas próprias opiniões, e se o que essa pessoa estiver fazendo é errado, uma hora ou outra ela vai descobrir, Deus vai revelar. As pessoas perdem muito tempo e fazem muito esforço para provarem que estão certas, mas me responda algo, quem é o dono da verdade?

A Palavra de Deus tem várias verdades absolutas e indiscutíveis, os 10 mandamentos por exemplo, outras coisas vão mais da opinião da pessoa ou da igreja que ela congrega do que da verdade da Palavra em si.

Eu acredito que o que vale é o nosso coração, pois se a pessoa que está fazendo tal coisa está em paz isso é o que importa. Temos que nos focar no que realmente vai fazer mudar a vida de alguém para mais perto do Senhor, temos que trabalhar para avançar o Reino, mas se ficarmos julgando o próximo pelo que ele é aparentemente não iremos enxergar o que essa pessoa tem em seu coração.

Como diz a escritura em Romanos 12:2 “Não se amoldem ao padrão deste mundo”, eu creio que não devemos simplesmente achar que só porque os outros fazem certas coisas podemos fazer também, porém se acreditamos em um Deus vivo, Ele nos revelará o que O agrada e o que não, enquanto isso eu vou continuar torcendo para o Anderson silva, Lyoto Machida, José Aldo e Fedor Emelianenko.